5 de jun de 2012

UM SONHO REALIZADO!





Nossa quadra “Irmã Zenóbia Quezado” – um sonho realizado em meio a poesia de discursos comovidos e o ecoar de rojões de alegria!
Era uma vez um sonho que de tão sonhado tornou-se azul como céu e branco como as nuvens;
Esse sonho, teimoso como ele só, foi crescendo em meio à burocracia de pedidos empilhados sobre a mesa do anonimato;
Algumas vezes ele ia... E vinha... ao sabor das ondas das marés das siglas partidárias;
Outras, ele afirmava-se aos discursos das mudanças sistemáticas da vida;
E ainda tinha fôlego para compor uma cantiga para o discurso da espera;
Entretanto em meio à turbulência do silencio ele quase calou-se, e escondeu-se nas cinzas dos que não tem fé;
Mas um dia ele personificou-se na esperança dos que acalentam a doce melodia da persistência, e tal qual uma Fênix eis que ele resurge magnânime e vivificado para a contemplação dos que acreditam na “magia do compartilhar”;
E em meio a cimento, tinta e trigo, ele fez-se concreto para compor o quadro de um “moinho” que sempre aponta para “Cruzeiro do Sul”. Daí então, novas fronteiras foram construídas a fim de integrar harmoniosamente o público e o privado numa dança verdadeiramente humana.
Por: Profª. Graça Oliveira


HISTÓRICO DA ESCOLA

O nome de nossa Escola advém do Educandário Eunice Weaver que desenvolvia um trabalho com os filhos de Hansenianos , onde a princípio a escola fora preparada para os mesmos, no qual foi cedido um pavilhão denominado Gurjão (1ª moradia dos filhos de rancenianos) que eram examinados e só passavam para as demais dependências quando fosse diagnosticado que não tinham contraído a doença.
Com o passar do tempo foi expandido para toda a Comunidade com a construção de mais salas de aulas, onde contamos com a figura relevante e marcante da Irmã Zenóbia Pinto Quezado.
Devido a este início não se pensou até hoje em trocar o seu nome. No antigo Gurjão funciona hoje as dependências administrativas.
A senhora Eunice Sousa Gabi Weaver foi a fundadora da Sociedade Eunice Weaver no Pará, Socióloga e Jornalista, Presidente durante 35 anos da Federação da defesa contra a Lepra.
A Escola foi fundada em 26/03/1961. Tem como atual diretora a Professora Maria de Fátima Simões da Silva, atendemos a uma clientela de 2654 alunos distribuídos em 3 turnos, atuando com ensino fundamental, ensino de jovens e adultos e ensino Médio.
Nossa Escola objetiva um ensino de qualidade assegurando a formação comum indispensável para o exercício da cidadania , fornecendo meios para progredir no trabalho e em estudos posteriores.