15 de out de 2011

MIL E UMA MANEIRAS DE DIZER: PARABÉNS, PROFESSORES!

Para todos vocês que fazem greve, mas que não param de se preocupar com o ENEM, com o CALENDÁRIO LETIVO, com o que os estudantes estarão fazendo sem a ocupação dos estudos em sala de aula;
   Para vocês que vão à Lua para mostrar que a vida é aqui e agora – na Terra;
   Para vocês que vêm "dar" aula com dor de cabeça, com tontura, com dor nos braços, na garganta...;
   Você que vem com aquele visual encantador de menina (com lacinhos e flores como acessórios);
   Você que chega com seu pequenino e delicado pezinho machucado;
   Você que após as aulas tradicionais (em sala de aula), transforma esse mesmo espaço em “território da dança”, do lúdico, do sensualismo corporal;
   Sintam-se abraçados em pensamento, pois hoje o dia é seu, é meu, é nosso, professores – Mestres da Luz e da Paciência!
   Parabéns pelo dia de hoje, parabéns a alguns pelo domínio do discurso oral e pelo aconchegante “Bom dia” de todos os dias;
   Parabéns pela paciência por ter que dar mil e uma explicações sobre algo que “cai na prova”;
   Parabéns a você por dizer, jurar que não fará “recuperação” a alunos que não estudam “nem pra passar”, mas que são sempre os primeiros a fazerem de suas culminâncias eternas reavaliações;
   Parabéns a você que repete todos os dias que não acredita mais nessa juventude, mas que não para de “bolar” mil e uma formas de melhorar as notas “desses alunos”;
   Parabéns a você que diz aos quatro ventos que a vida de professor é um “sacrifício diário”, porém nem pensa em trocar de profissão;
   Parabéns a você que ainda consegue “encantar” e “motivar” seus alunos por meio dos “arrepios” diários ao ministrar um determinado assunto e observar: “Poxa! parece que hoje eles entenderam o que eu expliquei graças a DEUS”.



Mensagem a você professor e amigo de todos os dias! 



Por: Profª Maria das Graças Silva de Oliveira.

HISTÓRICO DA ESCOLA

O nome de nossa Escola advém do Educandário Eunice Weaver que desenvolvia um trabalho com os filhos de Hansenianos , onde a princípio a escola fora preparada para os mesmos, no qual foi cedido um pavilhão denominado Gurjão (1ª moradia dos filhos de rancenianos) que eram examinados e só passavam para as demais dependências quando fosse diagnosticado que não tinham contraído a doença.
Com o passar do tempo foi expandido para toda a Comunidade com a construção de mais salas de aulas, onde contamos com a figura relevante e marcante da Irmã Zenóbia Pinto Quezado.
Devido a este início não se pensou até hoje em trocar o seu nome. No antigo Gurjão funciona hoje as dependências administrativas.
A senhora Eunice Sousa Gabi Weaver foi a fundadora da Sociedade Eunice Weaver no Pará, Socióloga e Jornalista, Presidente durante 35 anos da Federação da defesa contra a Lepra.
A Escola foi fundada em 26/03/1961. Tem como atual diretora a Professora Maria de Fátima Simões da Silva, atendemos a uma clientela de 2654 alunos distribuídos em 3 turnos, atuando com ensino fundamental, ensino de jovens e adultos e ensino Médio.
Nossa Escola objetiva um ensino de qualidade assegurando a formação comum indispensável para o exercício da cidadania , fornecendo meios para progredir no trabalho e em estudos posteriores.